16 junho 2011

Luto

Contado por Nana Maia às 09:09
Reações: 
0 Contos
Conhecemos pessoas e pessoas no decorrer de nossas vidas. Umas marcam outras não. Talvez marquem mais aquela que te sorri no corredor e te deseja um sincero bom dia, que aquelas que forçam um laço.
Nos vemos revoltados contra Deus, nos perguntamos porque?! Pessoas boas se vão antes que as más pessoas. A dor é terrível, o luto é apenas a expressão de um espirito triste e que não quer mais nada neste momento, que chorar e ficar quietinho esperando a dor aliviar.
Estamos todos hoje, sentindo o Luto de mais uma boa pessoa.

Descanse em paz! Newton...

13 junho 2011

Um dia para o Dia que é todo dia?

Contado por Nana Maia às 17:22
Reações: 
0 Contos

Como assim, estipular um dia do mês como o dia dos namorados? Como o dia das mães e o dia da mulher?

Dia de namorar é todo dia, não deveria existir um apenas, onde os namorados se lembrassem de valorizar suas amadas. E não digo que valorizar (dar algum valor) seja com presentes. NÃO! 
Quando um casal se une em namoro, pressupõe-se que se amam, então este dia, como todos deveriam ser, é para dar carinho, dar amor, dizer palavras doces e sentir que se é amado.
Então peço a você que ame mais todos os dias, diga mais que ama, abrace e diga o quanto seu companheiro é importante para você. Valorizar quem você ama é simples e engrandece o coração!
Contado por Nana Maia às 10:18
Reações: 
0 Contos

"Tem muita gente que se distrai e é feliz pra sempre, sem conhecer as delícias de ser feliz por uns meses, depois infeliz por uns dias....

08 junho 2011

Contado por Nana Maia às 09:47
Reações: 
1 Contos
Traz-me um sorriso, um sonho povilhado de açucar e um coração cheio de amor!!!


Motivo

Contado por Nana Maia às 09:43
Reações: 
0 Contos
Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem triste:
sou poeta.
 Se desmorono ou edifico,
se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.
Contado por Nana Maia às 09:34
Reações: 
0 Contos
Escrever é o ato de esvaziar a mente e verbalizar os sentimentos do coração.
No meu conto de amor, tudo começou com uma carta e nela as mais belas palavras, palavras estas que permanecem e se solidificam ainda mais com o tempo.
É bom sentir-se amada e amar, dizer que ama não é vergonha. Vergonha é deixar de cativar por medo pois, por mais que não seja correspondido, seu jesto jamais será esquecido.
Cartas sairam de moda, infelizmente. Mas já escrevi e recebi muitas do meu amor e posso dizer a você que escrever cativa e enobrece.

07 junho 2011

O príncipe e a rosa

Contado por Nana Maia às 11:11
Reações: 
0 Contos


Sentado ele me abraça,
Diz ouvir meu coração e ser levado
A me amar e amar.
Aperta ainda mais os braços em volta de mim
Diz não querer me deixar escapar
Não fugirei.

Vejo amor em seus olhos
Sinto carinho eu seus toques
Ouço ternura em sua voz.
Sei que o que é nosso ninguém rouba
Que nossa verdade é só nossa
Que um é o príncipe o outro a rosa.

06 junho 2011

Contado por Nana Maia às 09:36
Reações: 
0 Contos
Status de hoje: (x) Exaltando o amor!



Frase do dia

Contado por Nana Maia às 09:23
Reações: 
0 Contos

04 junho 2011

Contado por Nana Maia às 08:18
Reações: 
0 Contos
Serenata




"Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permita que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,e a dor é de origem divina.
Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo"

03 junho 2011

Contado por Nana Maia às 09:52
Reações: 
1 Contos
...e como eu queria...
 

Contos de M.Maia Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos