30 maio 2011

Contado por Nana Maia às 17:04
Reações: 
0 Contos

... se você quer o bem de uma boa pessoa,
nessas manhãs de frio
quando a geada pinta a grama
e o azul do céu
é de uma beleza que caçoa
Quando nada, nada te faria tirar o pijama
Não fosse o vento que vai lá fora
É a voz do teu amor
que chama agora...

ORAÇÃO

Contado por Nana Maia às 16:46
Reações: 
0 Contos
Meu amor, essa é última oração
Pra salvar seu coração

Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na dispensa
Cabe o meu amor
Cabe em três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois
Cabe até o meu amor
Essa é última oração
Pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na dispensa
Cabe o meu amor
Cabe em três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira...

27 maio 2011

Contado por Nana Maia às 12:02
Reações: 
0 Contos
Caso eu tivesse meu próprio mundo, neste momento eu estaria respirando liberdade!


Contado por Nana Maia às 11:58
Reações: 
0 Contos
"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."


23 maio 2011

Contado por Nana Maia às 08:33
Reações: 
0 Contos
No misterio do sem-fim equilibra-se um planeta. E no planeta um jardim e no jardim um canteiro no canteiro uma violeta e sobre ela o dia inteiro entre o planeta e o sem-fim a asa de uma borboleta.

Contado por Nana Maia às 08:30
Reações: 
0 Contos

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.
 

Contos de M.Maia Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos