23 maio 2011

Contado por Nana Maia às 08:33
Reações: 
No misterio do sem-fim equilibra-se um planeta. E no planeta um jardim e no jardim um canteiro no canteiro uma violeta e sobre ela o dia inteiro entre o planeta e o sem-fim a asa de uma borboleta.

0 Contos:

Postar um comentário

 

Contos de M.Maia Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos