05 fevereiro 2009

...despejando na penseira virtual

Contado por Nana Maia às 20:43
Reações: 
“O espírito de Deus presente em nós pode ser descrito como uma tela de cinema.Por ali passam várias situações – pessoas amam, pessoas se separam, tesouros são descobertos, países distantes se revelam.” Diz o mestre.
Uns vivem, outros apenas existem. Eu quero viver, acontecer, crescer, ser alguém.

"Minh'alma é tão profunda como os rios..."

0 Contos:

Postar um comentário

 

Contos de M.Maia Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos