18 setembro 2011

Perdemos para Deus

Contado por Nana Maia às 08:01
Reações: 
Fui impulsionada a falar sobre essa mulher apenas hoje, a dez dias de completar um mês de seu falecimento.

Para você, leitor, talvez essa mulher não represente muito, mas só de olhar seu sorriso, sei que ao menos ternura sentiu.
Ela despertou ternura e mais que isso, muito mais.
Amor, felicidade e alegria, alegria principalmente.
Mas depois de tudo o que mais marcou é a luta, e essa é guerreira.
Esta é Maria, um nome simbolo da luta, do sofrimento e do amor.
Saudade é a palavra do sentimento que carregamos no peito a partir de agora, e nem por isso
a dor no peito se torna menor. Não mesmo!

Então ame muito pois a vida é um sopro de Deus que vem forte mas se apaga e ai... não tem mais jeito.
E agente só dá valor quando perde. Infelizmente...
No caso dela foi diferente, pois esta daí foi amada com cada parte do coração de cada um de sua família, e sua alma brilha junto a Deus iluminada por este amor que ainda vive e vai viver para sempre.

Então, perdemos para Deus. E Ele, ganhou um presentão, um pacote de risadas marcantes, sorrisos e uma Maria muito, muito especial!!!

0 Contos:

Postar um comentário

 

Contos de M.Maia Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos