14 novembro 2012

Amizade

Contado por Nana Maia às 17:47
Reações: 

Será que me tornei uma pessoa sem amigos?

Tenho plena consciência da facilidade em fazer amigos, mas e em mantê-los?
Eu me preocupo, ouço seus problemas, dou concelhos... Mas e quando o dia-a-dia nos impede de nos fazer presente?
Quando o tempinho livre é para você, para o namorado, para a família e os amigos vão ficando em segundo plano?
Não é desinteresse, não é descaso. Você apenas tem coisas e pessoas próximas que requerem de você a única réstia de tempo. Então o que fazer? Pedir perdão e paciência? 



Obs: A você amigo ou amiga que sabe que o é... me perdoe desde já por não ser tão presente. A aqueles que gozam da minha presença saiba que posso vir a ser um tantinho ausente com a distância, mas não deixarei de ter carinho por você. 

É apenas o Ser.

0 Contos:

Postar um comentário

 

Contos de M.Maia Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos